Depressão: sintomas físicos e psicológicos

Tempo de leitura: 3 minutos

A depressão é uma doença que causa desequilíbrios químicos dos neurotransmissores. Eles são responsáveis por levar informações importantes para o cérebro, como: sensação de bem-estar, tranquilidade e disposição. Por isso, ela é um transtorno com sintomas físicos e psicológicos.

Além disso, é importante saber que a depressão é uma enfermidade. Por isso, precisa de tratamento adequado como qualquer outra doença. Entenda mais sobre os sinais que indicam a presença de uma crise depressiva.

Como a depressão age?

Ao pensar em depressão, o primeiro pensamento que surge na mente das pessoas é alguém triste. Porém, essa doença age de forma silenciosa. A depressão desencadeia uma falha na produção de serotonina, noradrenalina, melatonina e dopamina.

Esses hormônios são essenciais para a sensação de ânimo, prazer e felicidade. Por isso, uma pessoa depressiva não pode simplesmente ficar bem. Ela não escolhe o que está sentindo, pois sua química cerebral está afetada.

Dessa forma, para sair da depressão, é preciso fazer um tratamento emocional e alopático. Ou seja, ir a um psicólogo e utilizar os remédios receitados pelo médico. Dessa forma, são tratados todos os sintomas físicos e psicológicos.

Você pode também potencializar esse processo utilizando um suplemento natural contra a depressão. Ele atua facilitando a produção do hormônio do bem-estar. Isso é possível por ser rico em triptofano — substância que auxilia a síntese de serotonina.

Quais são os sintomas físicos e psicológicos da depressão?

A depressão não é o mesmo que tristeza. Enquanto uma é passageira e dura alguns dias, a outra faz parte da vida do paciente, com duração maior que 2 semanas. A depressão apresenta 3 níveis de intensidade: leve, moderada e grave.

Veja os sintomas físicos e psicológicos da depressão. Se você ou algum ente querido apresentar mais de 5 desses fatores, é um grande indicativo da doença. Confira:

Sintomas psicológicos

 

Os sintomas psicológicos ou emocionais, geralmente, são os mais conhecidos. Entre eles estão:

  • Falta de motivação;
  • Apatia;
  • Dificuldade de concentração;
  • Medos irracionais;
  • Aumento ou perda de apetite
  • Excesso de pessimismo;
  • Indecisão;
  • Insônia;
  • Angústia;
  • Insegurança;
  • Esquecimento;
  • Sensação de vazio;
  • Irritabilidade;
  • Falta de vontade em praticar atividades antes prazerosas;
  • Raciocínio mais lento;
  • Ansiedade.

Sintomas físicos

Já para as dificuldades físicas, é preciso que os médicos não encontrem causas aparentes para o problema. Por isso, eles podem ser originados da depressão prolongada. Entre os sintomas físicos estão:

  • Má digestão;
  • Dores de barriga;
  • Azia;
  • Flatulência;
  • Tensão na nuca e nos ombros;
  • Constipação;
  • Pressão no peito.
  • Dores de cabeça;
  • Dores no corpo.

O que fazer se notar que tenho depressão?

Você pode ter percebido que tem principais sintomas físicos e psicológicos da depressão. Ao notar que possui grande parte desses sinais, busque orientação com um psicólogo. Se for o caso, ele pode encaminhar você para um neurologista ou psiquiatra, que pode prescrever medicamentos.

Não tenha vergonha ao relatar essas dificuldades para o especialista, diversas pessoas passam pelo mesmo problema. Além disso, você só poderá superar depressão ao tratar esse problema.

Quer complementar o tratamento das crises depressivas? Então, invista no Triptopax. Ele é um suplemento 100% natural e eficaz contra a depressão.

 

Sobre Redação

Somos um grupo de estudantes de medicina tentando trazer informações e saúde para nossos leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *